Clarisse Sieckenius de Souza

Clarisse Sieckenius de Souza é professora emérita do DI, onde atuou por mais de três décadas na área de Interação Humano Computador (IHC).  Foi, juntamente com seus alunos de mestrado e doutorado, a criadora da internacionalmente conhecida Engenharia Semiótica, a primeira teoria semiótica para a Interação Humano Computador proposta no âmbito da Informática. Clarisse foi coordenadora do SERG – Semiotic Engineering Research Group (grupo de pesquisas em Engenharia Semiótica), hoje parte do Laboratório Ideias. Esta teoria foi posteriormente expandida para tratar de desenvolvimento de software centrada em pessoas (Human-Centered Software Development) e também, mais recentemente, aspectos éticos no design de sistemas inteligentes. Clarisse é Bacharel em Tradução e Interpretação de Conferências – Inglês e Francês (1979), Mestre em Língua Portuguesa (1982) e Doutora em Linguística Aplicada (1987) pelo Departamento de Letras da PUC-Rio. Hoje em dia, dedica-se ao estudo de filosofia da tecnologia e a explorações no campo da ética e mediação algorítmica de processos sociais. Nestas atividades, tem buscado encontrar e estreitar parcerias interdisciplinares com as ciências sociais e humanas.

Arndt von Staa

Professor Emérito da PUC-Rio, Arndt von Staa tem como ênfase em suas pesquisas a Garantia de Qualidade de Software. Neste meio, tem como principais tópicos: modularidade, medição qualidade de software, automação do teste de software, processos de engenharia de software e ambientes de engenharia de software assistidos por computador. Para isso trabalha junto ao Laboratório de Engenharia de Software (LES) no desenvolvimento de pesquisas. Tais pesquisas são direcionadas, principalmente, ao desenvolvimento de trabalhos para contextos industriais, onde há como se testar a qualidade dos softwares. Arndt se graduou em Engenharia Mecânica (1965) e fez Mestrado em Informática (1969) pela PUC-Rio. Além disso se tornou PhD em Ciência da Computação pela Universidade de Waterloo(1974) e foi inscrito na Ordem do Mérito Científico e Tecnológico no grau de Comendador em (2008). Atualmente é membro titular da Academia Nacional de Engenharia.

 

Antonio L. Furtado

Formou-se em direito e em economia, obtendo depois o grau de mestre em administração e o de doutor em ciência da computação pela Universidade de Toronto. Em 2006 recebeu o título de Comendador da Ordem Nacional do Mérito Científico e Tecnológico.