Por Dentro do DI: ExACTa desenvolve soluções para empresas parceiras

Foto: Arquivo pessoal

Iniciativa focada em experimentação ágil, cocriação e transformação digital tem amplo impacto na receita dos clientes

No segundo post da série “Por Dentro do DI”, que trata sobre os Núcleos de Inovação Tecnológica (NITs) do Departamento de Informática (DI) da PUC-Rio, falaremos sobre o ExACTa, que criou e utiliza uma forma inovadora de trabalhar com experimentação ágil e cocriação para prover soluções em transformação digital. 

O objetivo do ExACTa é estreitar os laços entre pesquisa e desenvolvimento, permitindo aplicar resultados de pesquisa para desencadear inovação e excelência nas empresas parceiras, como é o caso da Petrobras. 

O ExACTa realiza pesquisa aplicada em ciclos ágeis para entregar, em curto espaço de tempo, soluções de TI que resolvam problemas de negócio e maximizem os resultados dos clientes. Para tal, são empregadas tanto pesquisas inéditas realizadas especificamente no contexto dos projetos quanto aplicados resultados de pesquisas desenvolvidas em outros laboratórios temáticos do DI.  

A iniciativa é coordenada pelos professores do quadro principal do DI, Helio Lopes, Marcos Kalinowski, Marcus Poggi e Simone Barbosa, que são pesquisadores das áreas de Ciência de Dados, Engenharia de Software, Otimização e Interação Humano Computador. 

“Entre os diferenciais do ExACTa, estão a orientação a resultados para o cliente, a forte integração com pesquisa e a abordagem própria e inovadora para a cocriação de soluções de pesquisa e desenvolvimento com agilidade”, disse Kalinowski, que também destaca a equipe altamente qualificada e a qualidade da infraestrutura física e ferramental, que permite a realização de dinâmicas de cocriação tanto em formato presencial quanto remoto.

Dentre as áreas de atuação da iniciativa estão soluções multidisciplinares envolvendo ciência de dados, inteligência artificial, internet das coisas (IoT), otimização, entre outros.

Pilares da iniciativa

O primeiro pilar que rege o trabalho do ExACTa é a experimentação ágil; ou seja, todo o processo é focado na integração com a estratégia do negócio do cliente, de forma ágil e pautado na experimentação contínua. “Desenvolvemos uma tecnologia onde a gente traz, do negócio, soluções para serem desenvolvidas e colocadas em operação”, explica Lopes.

Foto: Arquivo pessoal

O segundo é a cocriação, que consiste na atuação da equipe do ExACTa em conjunto com a equipe do cliente, de forma que agilize a criação de soluções inovadoras que agreguem valor ao negócio.

Por fim, o intuito da iniciativa é promover transformação digital, oferecendo soluções disruptivas e que empreguem tecnologia de ponta, pensando fora da caixa para buscar a excelência operacional do cliente. 

Reconhecimento

Tamanho trabalho tem surtido efeito. A partir dos pilares de experimentação ágil, cocriação e transformação digital, o ExACTa tem alcançado resultados surpreendentes. 

“As soluções são entregues em um tempo mediano de quatro meses”, disse Lopes, destacando os processos da iniciativa. “Em 2020, entregamos seis soluções para a Petrobras, que foram colocadas em operação em vários setores.”

O resultado é notório. Segundo Lopes, as soluções implementadas na Petrobras trouxeram um retorno de pelo menos sete vezes o valor investido. 

“Já em relação à nossa abordagem inédita de cocriação, ela resultou em publicações  em conferências científicas especializadas na área, como a EuroMicro Conference on Software Engineering and Advanced Applications (EuroMicro SEAA) 2020 e a International Conference on Product-focused Software Process Improvement (PROFES) 2020, que é um dos principais fóruns internacionais sobre processos de software, recebendo excelente retorno da comunidade internacional”, ressaltou Kalinowski.

Equipe qualificada

O trabalho do ExACTa não seria possível se não fosse a sua equipe altamente qualificada. Além da coordenação dos professores Hélio, Kalinowski, Poggi e Simone, a iniciativa conta com a presença de quatro líderes de equipe – Jacques Chueke, Juliana Alves Pereira, Rodrigo Lima e William Fernandes –  mais de 20 agentes de transformação digital contratados especificamente para o ExACTa e cerca de outros 50 colaboradores contratados pelos laboratórios temáticos diretamente relacionados com a iniciativa. 

Marcos Kalinowski, Helio Lopes e Jacques Chueke. Foto: Arquivo pessoal

A iniciativa oferece oportunidades práticas diferenciadas para profissionais de destaque. Os desenvolvedores e pesquisadores da equipe são talentos formados pelo Departamento de Informática da PUC-Rio ou por outras instituições de ponta, a maioria com mestrado ou doutorado em suas áreas de atuação.

Chueke, por exemplo, é doutor em Ciência da Computação na área de Interação Humano Computador pela City University of London. Hoje, ele atua como líder de equipe de UX (User Experience) e UI (User Interface) no ExACTa. Seu trabalho consiste na materialização de soluções que atendam aos usuários finais, transformando-as em artefatos digitais interativos. “As interfaces criadas para as soluções permitem o acesso fácil, seguro e útil aos dados pertinentes a cada projeto”, explica. 

Para Chueke, a iniciativa reúne profissionais que possuem uma forte presença corporativa, mas que  também se dedicam à pesquisa acadêmica. “Os aspectos corporativos e acadêmicos são contemplados com eficiência e harmonia, e possibilitam a inovação e aplicação de tecnologia de ponta”, finaliza.

Para saber mais sobre o ExACTa, acesse http://www.exacta.inf.puc-rio.br ou envie um e-mail para contato@exacta.inf.puc-rio.br.