Fechar
Categorias:


Palestra em 15/mai: Desafios de acessibilidade – Luis Carriço, Universidade de Lisboa
segunda-feira, 6 de maio de 2013 às 11:59

Título: Desafios de acessibilidade

Palestrante: Luis Carriço, Professor Associado do Departamento de Informática da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa

Data: 15 de maio de 2013 (quarta-feira)

Horário: 15h

Local: 511 RDC

Resumo:

O desenvolvimento e utilização de tecnologias providencia oportunidades para que todos os indivíduos tenham acesso à informação, onde quer que estejam ou em que condições se encontrem. Esta visão alargada de acesso à informação, para consumo ou interacção, extravasa o seu público-alvo bem para além das pessoas classicamente consideradas com necessidades especiais. Encontra eco, por um lado, em comunidades crescentes, como a das pessoas idosas, com combinações diversificadas e abrangentes de requisitos específicos, ou por outro, em qualquer utilizador que se encontre em situações de uso debilitante, em que algumas das suas capacidades são completamente absorvidas nas actividades que desenvolvem. Por uma ou outra razão, algumas perspectivas de acessibilidade digital assumem-se horizontais a todos os grupos de utilização, e às mais diversas plataformas e tecnologias promovendo sinergias entre áreas de investigação e desenvolvimento.

Na base do acesso à informação está ela própria e, por conseguinte, nos dias de hoje, sem dúvida a Web. Encontrar maneiras de assegurar as boas práticas e recomendações de acessibilidade na Web é um desafio complexo mas indiscutivelmente basilar. Desde os trabalhos seminais de avaliação até aos mais recentes que acompanham as tendências de dinâmica e compreensão de conteúdos, a investigação nesta área procura igualmente acompanhar mecanismos de reparação sustentados por algoritmos sofisticados ou comunidades omnipresentes.

Sobre a camada de informação, de preferência anotada e bem estruturada, estão os meios de acesso e as aplicações, que nela baseada oferecem mecanismos de interacção adequados às características dos indivíduos e às limitações das situações de uso. Essa adequação encontra três tipos fundamentais de aproximação: 1) a que foca o desenvolvimento das aplicações nos problemas concretos de uso ou de utilizador, constituindo soluções à medida para requisitos particulares; 2) a que sustenta o desenvolvimento daquelas aplicações em bibliotecas e ambientes de desenho dirigidos a peritos no domínio, não-peritos em programação; 3) e finalmente a que suportada por modelos que adapta de forma automática ou semi-automática os conteúdos e os modos de interacção às necessidades dos usuários e da utilização.

As três aproximações sustentam-se a vários níveis na necessidade de um conhecimento profundo dos utilizadores envolvidos, seja ao nível primário (finais), seja a outros, e não menos importante dos ambientes de uso que, pela sua dinâmica, podem provocar tantas dificuldades de acesso como os primeiros. Sustentam-se ainda numa necessidade inerente de uso de multimodalidades que permitam circundar de forma justa as barreiras que inexoravelmente se interpõem no acesso à informação.

Currículo curto:

Luis Carriço é Professor Associado do Departamento de Informática da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa. Doutorou-se em Engenharia Electrotécnica pelo Instituto Superior Técnico em 2000. Os seus interesses de investigação e desenvolvimento centram-se na interacção pessoa máquina, desenho centrado nos utilizadores, interfaces para dispositivos móveis e ubíquos, acessibilidade e interacção em grupo. Publicou mais de 180 artigos em revistas e conferências sobretudo internacionais e é autor de livros e capítulos de livros. Foi membro do Comité Científico e de Programa de mais de 40 revistas e conferências e tem sido avaliador convidado da Comissão Europeia de Projectos e Propostas de Projectos Europeus em especial nas áreas de Usabilidade e Acessibilidade. É líder do grupo HCIM (Human Computer Interaction and Multimédia) do LaSIGE (lasige.di.fc.ul.pt).



Inscrições para a Pós-Graduação em 2013.2
sexta-feira, 3 de maio de 2013 às 15:50

Estão abertas até o dia 01 de julho de 2013 as inscrições para Mestrado e Doutorado Acadêmico no DI. Consulte o Edital de Seleção para Mestrado e Doutorado Acadêmico no Departamento de Informática da PUC-Rio, para conhecer os requisitos e documentos necessários, além de outras informações para candidatos.

As inscrições devem ser feitas online em: www.ccpa.puc-rio.br/inscricao_pos.

Período de inscrição: 02/mai/13 a 01/jul/13*
Divulgação dos resultados: 18/jul/13
Matrícula no curso: 05 e 06/ago/13
Início das aulas: 12/ago/13

* Candidatos ao Doutorado podem se inscrever em qualquer época do ano, em fluxo contínuo, obtendo resposta em até 30 dias.

DI/PUC-Rio: Um programa de excelência internacional

O Programa de Pós-Graduação em Informática da PUC-Rio é um programa pioneiro, de excelência acadêmica e projeção internacional. Consulte nossa página da Pós-Graduação.

Destaques do Programa

O Programa de Pós-Graduação do DI tem mantido a notoriedade mundial por meio de contribuições científicas e tecnológicas muito importantes, dentre as quais destacamos:

  • Lua: A linguagem de programação Lua (de autoria dos professores Roberto Ierusalimschy, Waldemar Celes e equipe), que recentemente foi adotada como template para Wikipedia. Lua tem sido usada pela Cisco (EUA) como linguagem de scripting para seus roteadores, além de uso pelas empresas Texas Instruments, Samsung, Huawei e Verizon, por exemplo, na programação de alguns de seus sistemas embarcados; e também em diversos jogos comerciais amplamente conhecidos: Angry Birds, Empire, Heroes V, SimCity, entre outros. A linguagem Lua é um dos produtos desenvolvidos em um de nossos diversos laboratórios em função de projetos motivados por necessidade da indústria; nesse caso, no laboratório Tecgraf em projetos com a Petrobras. Veja uma lista dos nossos Laboratórios de Pesquisa e Desenvolvimento
  • Ginga: O padrão internacional ITU-T para Middleware de TV Interativa (de autoria do Prof. Luiz Fernando Soares e sua equipe). Junto ao Ginga está também o desenvolvimento da linguagem NCL (de autoria do Prof. Luiz Fernando Soares e sua equipe). O trabalho em Middleware de TV-digital resultou em patente e atualmente o padrão vem sendo utilizado em países da América do Sul, tais como Argentina, Peru, Bolívia, Venezuela e Chile.
  • O DI também coordena e abriga o Instituto Nacional em Ciência e Tecnologia (INCT) em Web Science, que congrega cerca de 110 pesquisadores de 10 instituições de pesquisa brasileiras, liderados por 6 pesquisadores sênior. Membro do Web Science Trust Network of Labs, o Instituto inclui 3 pesquisadores que receberam a Grã Cruz do Mérito Científico, 6 pesquisadores que receberam a Medalha do Mérito Científico, 4 membros da Academia Brasileira de Ciências e 55 pesquisadores agraciados com bolsas de produtividade de pesquisa do CNPq, incluindo 7 pesquisadores no nível 1A. A nível internacional, participam do instituto: DERI – Digital Enterprise Research Institute; L3S Research Center; The David R. Cheriton School of Computer Science, U. of Waterloo, Canadá; e o LIP6 – Laboratoire d’Informatique de Paris VI, França.

Veja alguns de nossos Prêmios e Distinções.

Áreas de Concentração

A Pós-Graduação do DI forma mestres e doutores em Informática especializados nas seguintes áreas de concentração:
– Bancos de Dados (BD)
– Computação Gráfica (CG)
– Engenharia de Software (ES)
– Hipertexto e Multimídia (HM)
– Interação Humano-Computador (IHC)
– Linguagens de Programação (LP)
– Otimização e Raciocínio Automático (OTR)
– Redes de Computadores e Sistemas Distribuídos (RCSD)
– Teoria da Computação (TC)

Consulte as descrições das nossas Áreas de Pesquisa.

O Quadro Permanente de Docentes da Pós-Graduação é composto de 25 professores, incluindo 22 bolsistas de produtividade do CNPq. O DI conta ainda com a colaboração de um Professor Emérito. Veja a lista dos nossos Docentes da Pós-Graduação

Bolsas

Candidatos que se inscreverem em regime de tempo integral e que forem aceitos no programa recebem bolsa de isenção total das mensalidades da PUC. Além disso, a grande maioria dos nossos alunos recebe também bolsas de agências de fomento à pesquisa, como CNPq, CAPES e FAPERJ, bolsas estas alocadas por mérito no momento do ingresso do aluno no programa e ao longo do seu curso. Os alunos contemplados com uma bolsa de fomento começam a recebê-la já no mês seguinte ao seu ingresso.

Oportunidades de Projeto de P&D

Além das bolsas de fomento, o DI oferece muitas oportunidades de participação remunerada em projetos de pesquisa e desenvolvimento em diversas áreas, junto a nossos laboratórios.



Inscrições para a Pós-Graduação em 2013.1
sexta-feira, 3 de maio de 2013 às 15:43

Estão abertas até o dia 30 de novembro de 2012 as inscrições para MESTRADO ACADÊMICO E DOUTORADO ACADÊMICO em Informática do DI. Veja mais detalhes, documentos e formulários para inscrição no Edital de Seleção para Mestrado e Doutorado Acadêmico no Departamento de Informática da PUC-Rio.

As inscrições devem ser feitas online.



[DI na Mídia] From Brazil to Wikipedia: The Surprising Journey of a Programming Language from Rio
terça-feira, 23 de abril de 2013 às 07:27

“Last month, the San Francisco–based Wikimedia Foundation, which maintains Wikipedia, announced that it was changing the way some of the site’s more complex pages are configured. (…) By 2011, the foundation’s engineers had started looking for a better solution. One of the options was embedding the popular JavaScript language, used in most web browsers. The engineers looked especially closely at the version of JavaScript developed by Google, the Internet behemoth based in nearby Mountain View, in the heart of Silicon Valley. But they eventually looked farther afield, settling on Lua, a programming language developed by a trio of researchers in Rio de Janeiro, Brazil.”

Leia matéria na íntegra publicada em 21/04/2013 na revista Foreign Affairs.



Katia Cánepa Vega, aluna do Prof. Hugo Fuks, ganhou o Design Challenge do TEI 2013
segunda-feira, 15 de abril de 2013 às 20:32

Katia Cánepa Vega e Prof. Hugo Fuks vêm desenvolvendo trabalhos sobre Wearable Computers, por eles chamados de ”Beauty Technology”. Katia se interessa em criar produtos de beleza usados na superfície da pele que escondam componentes eletrônicos e possam sentir e atuar no mundo. Ela vem fazendo maquiagem condutivo, falsos cílios condutivos, unhas de gel com RFIDs, falsas unhas com ímãs, etc.

Katia participou do Seventh International Conference on  Tangible, Embedded and Embodied Interaction (TEI 13) no Graduate Student Consortium  e no Design Challenge em Barcelona, onde foi premiada.
No TEI Design Challenge o desafio foi celebrar a criatividade de TEI com um jogo ou performance. O projeto de Katia foi chamado Superheros, que foi uma maquiagem condutiva que podia levitar objetos com o piscar. Tratou quimicamente uns falsos cílios. Usando prata, níquel preto e outros elementos químicos, os cílios pareciam pretos e funcionavam como um switch com o piscar. Usando um material condutivo adesivo, ela simulou a maquiagem como delineador. Decodificou os sinais Infrared do objeto que voava e os enviava quando os switchs fechavam. Utilizando uma fantasia no Design Challenge, ela posou de superheroína que fazia um objeto levitar e também trocava umas imagens no projetor (Pow, Bam, Zap).

DI na mídia

“A aluna de Doutorado do Departamento de Informática do Centro Técnico Científico da PUC-Rio (CTC/PUC-Rio), Katia Vega, recebeu um prêmio no TEI Design Challenge — o primeiro conquistado pela PUC-Rio — realizado em fevereiro, em Barcelona, Espanha.” Leia mais em: Convergência Digital.

O trabalho de Katia Vega também foi divulgado pelo portal G1, em 17/04/2013: “Uma aluna de doutorado da PUC-Rio recebeu um prêmio internacional por ter criado cílios que controlam objetos ao piscar.”

 



Defesa de Dissertação: FEAF: Uma infraestrutura para análise da evolução das características de uma Linha de Produto de Software.
quinta-feira, 11 de abril de 2013 às 10:48

Candidato: Bruno Ferreira Fabri
Orientador: Carlos José Pereira de Lucena
Data e Hora: 18/04/2013 às 9:30
Local: FPLF 13º andar



Defesa de Dissertação: Suporte à Evolução Arquitetural de Sistemas Distribuídos Baseados em Componentes de software
quinta-feira, 11 de abril de 2013 às 10:39

Candidato: Airton José Araújo Libório
Orientador: RENATO FONTOURA DE GUSMAO CERQUEIRA
Data e Hora:19/04/2013 às 10:00
Local: RDC511



Defesa de Dissertação: Modelagem e geração de interfaces dirigidas por regras
quinta-feira, 11 de abril de 2013 às 10:19

Candidato: Vagner Barbosa do Nascimento
Orientador: Daniel Schwabe
Data e Hora: 15/04/2013 às 9:00
Local: RDC510



Palestra: Manfred Nagl – An Integrative and Practical Approach for Software Architectures
quarta-feira, 10 de abril de 2013 às 08:38

Título: An Integrative and Practical Approach for Software Architectures

Palestrante: Manfred Nagl, Software Engineering, RWTH Aachen University

Data e horário: 16/abril/2013 às 13h

Local: 511 RDC

Resumo:

For modeling Software Architectures there exist many, nearly disjoint approaches in the literature: OO and UML, dataflow architectures in the embedded community, different architecture styles, architectures in data base systems / information management systems, and architectures in the modularity community.

The talk gives arguments and ideas for an integrative approach which tries to incorporate all above and different approaches.

Especially, an architecture modeling approach has to be applicable for practical problems as reverse engineering, reengineering, and maintenance in general, where the latter often means extension, distribution, and integration of existing systems.

The architecture approach unifies good ideas, all coming from programming languages: functional and data abstraction, object and type units, locality, layers within architectures, classification and similarities, subsystems, and genericity.

It, especially, points out that there is not only one but a series of architectures, from an abstract form to a concrete one, the latter describing the delivered system to a customer.

 

Bio:

O prof. Manfred Nagl é Dr.-Ing Computer Science pela University of Erlangen-Nuremberg (1974). Fez a sua “Habilitation in Computer Science” na University of Erlangen-Nuremberg (1979). Foi professor Titular na RWTH Aachen University de 1986 a 2009, atualmente é professor Emérito nesta mesma universidade. Entre seus interesses de pesquisa figuram: Theory, Practical Applications, and Implementation of Graph Rewriting; Nonstandard Database Systems for Tools; Programming Languages; Software Architectures; Software Development Environments; Standard Architectures of Interactive Systems. Publicou 5 livros, foi editor ou coeditor de 20 livros. Publicou mais de 70 artigos. Orientou cerca de 50 teses de doutorado e 300 dissertações de mestrado.



Defesa de Dissertação: Depuração de aplicações distribuídas baseadas em RPC por interceptação de chamadas de sistema
segunda-feira, 8 de abril de 2013 às 10:15

Candidato: Luiz Felipe de Souza e Silva
Orientador: Renato Fontoura de Gusmão Cerqueira
Data e Hora: 08/04/2013 às 16:00h
Local: RDC418