Defesa de Dissertação de Mestrado da Aluna Marisa do Carmo Silva

Defesa de Dissertação de Mestrado da Aluna Marisa do Carmo Silva

Título da dissertação:

StoryMaker: uma ferramenta de apoio à criação de data stories

Resumo:

Devido ao crescimento da produção e disponibilidade de dados, houve uma consequente necessidade de explorá-los em busca de entendê-los, comunicar essas informações e gerar conhecimentos. Diante deste cenário de produção de informação a partir do grande volume de dados surgiu o Jornalismo de Dados, campo que busca incluir visualizações mais claras e contar histórias baseadas nos fatos, de forma a facilitar a compreensão do público. Entretanto, há uma necessidade de desenvolver e melhorar as ferramentas de análise visual com suporte a narrativas. Neste documento, descrevemos a nossa proposta de pesquisa que consiste na expansão da ferramenta de visualização de dados VisMaker, integrando a possibilidade de criação de \textit{data stories} para as visualizações.

Orientador(a):

Prof(a) Dr(a) Simone Diniz Junqueira Barbosa

Banca:

Prof(a) Dr(a) Marilia Soares Martins

Prof Dr Bruno Feijó

Prof Dr Helio Côrtes Vieira Lopes

Acompanhe-nos pelo link:
http://www.inf.puc-rio.br/blog/noticia/noticia/defesa-de-dissertacao-de-mestrado-storymaker-uma-ferramenta-de-apoio-a-criacao-de-data-stories

Boas vindas aos mestrandos e doutorandos de 2022.1

Parabenizamos os novos alunos que estão iniciando a pós-graduação (mestrado ou doutorado) no Departamento de Informática da PUC-Rio. São diversos alunos que foram aceitos para atuar em áreas de pesquisa do programa de pós-graduação , como Banco de Dados, Engenharia de Software, Ciência de Dados, Computação Gráfica, Realidade Aumentada e Virtual, Hipertexto e Multimídia, Interação Humano- Computador, Interactive Storytelling, Linguagens de Programação, Narratolgoia Computacional e Modelos Comportamentais, Otimização e Raciocínio Automático, Redes de Computadores e Sistemas Distribuídos e Teoria da Computação.

Todas as áreas oferecidas pelo programa possibilitam o estudo e desenvolvimento de pesquisas de ponta e multi-disciplinares, com variadas abordagens que contribuem para aprimorar a fundamentação conceitual, a capacitação inovadora e a experiência prática dos alunos, e também para o desenvolvimento social e econômico em escala local e global.

Desde sua fundação há mais de 50 anos, o Departamento de Informática da PUC-Rio, é amplamente reconhecido por ser o celeiro de profissionais e pesquisadores de alta qualidade muitos dos quais hoje em dia são professores em universidades brasileiras e no exterior, ou têm cargos de liderança em empresas como Microsoft, IBM, Google, Facebook, Amazon, Uber, etc. ou em unicórnios como VTEX, HURB, Stone Pagamentos. Assim, a pós do DI está sempre evoluindo com destaque nos cenários de ensino e pesquisa no Brasil, sendo referência nacional e internacional no meio acadêmico e empresarial.

O Departamento será apresentado para os alunos hoje às 15h, presencialmente na sala RDC511 ou virtualmente pelo link:
Confira os alunos aprovados:

Doutorado 2022.1

André Ricardo Ducca Fernandes
Anrafel Fernandes Pereira
Beatriz Pinna
Kelly Azevedo Borges Leal Neves
Luiz Afonso Glatzl Junior
Marcos Rogozinski
Rogério Pinheiro de Souza
Sheriton Rodrigues Valim
William Alberto Ramirez Ruiz

Mestrado 2022.1

Adriana Osorio de Moraes
Alexandre Augusto Poggio Heine
Antônio Moreira Pinto
Camila Terra Ramalho
Carlos Vinicios Martins Rocha
Danilo Pereira Gonçalves
Dayanne Cristina Pereira Gomes
Eduardo Zimelewicz
Fábio Antunes Gomes Pitta Pinheiro
Flavio Sergio da Silva
Francisco Mateus dos Anjos Silva
Gabriel Andrade Busquim
Gabriel Friaes Bisignano
Guilherme Dantas de Oliveira
Gustavo Amaral Costa dos Santos
Iago Ribeiro Farroco
Jarbas de Santana Sousa
João Pedro Afonso Coutinho
João Virgilio de Castro Avancini
Kassiane Lopes Façanha
Lisle Faray de Paiva
Lucas Cordeiro Marques
Lucas Leal Bosi
Luiz Fernando Cunha Duarte
Pedro Maia de Sampaio Ferraz
Venícius Garcia Rego
Vinícius Souza Martins
Wendy Zuloaga Victorio

Alunos comemoram aprovação no programa de pós-graduação do DI

Programas de mestrado e doutorado em Informática têm 25 admitidos 

Os novos alunos de mestrado Rodrigo Galdino e Ney Barchilon. Foto: Arquivo Pessoal

A última terça-feira (20) foi de comemoração para os aprovados nos programas de pós-graduação do Departamento de Informática (DI). Na data, 22 alunos foram classificados para o programa de mestrado do DI e três aceitos no de doutorado. O processo foi extenso e contou com uma análise individualizada de cada candidato.

Entre os aprovados, há alunos que não pertenciam à área de computação mas que, com a ajuda de cursos de especialização do DI, foram se aproximando do setor. É o caso do engenheiro metalúrgico Rodrigo Galdino, que conta como o DI foi essencial para viabilizar sua migração de carreira.

“Eu fiz a pós-graduação lato sensu em Análise e Projeto de Sistemas, pela CCE. Aquela foi uma porta de entrada muito importante para mim. Eu estava no mercado mas queria aprender, absorver mais conhecimento. Conversei com alguns professores, me preparei psicologicamente e me inscrevi no mestrado. Estou muito feliz com o resultado e super animado.”

Galdino também destacou a importância do contato com professores do Departamento da decisão. Avaliado pela Capes com o conceito 7, o programa de pós-graduação do DI conta com um quadro de professores internacionalmente reconhecidos por suas pesquisas.

“Trabalhando no Tecgraf, tive a oportunidade de conversar com alguns professores e ir amadurecendo a ideia. O corpo docente definitivamente contou muito”, concluiu.

Para o também recém-admitido Ney Barchilon, a qualidade do programa e dos professores foi um fator definitivo na decisão por aplicar para o mestrado: “Além do reconhecimento do DI pela excelência, o que eu mais gostei no programa de mestrado foi a combinação entre teoria e prática. Também levei em consideração os bons trabalhos de pesquisa conduzidos no departamento.”

Ney já havia alcançado destaque no DI. O estatístico venceu na categoria de melhor artigo na trilha principal do Simpósio Brasileiro de Sistemas de Informação (SBSI), sob orientação da professora Tatiana Escovedo. 

Agora mestrandos, ambos se dizem motivados para começar os estudos: “Já pensei também no doutorado do DI, mas ainda é algo distante. Agora eu quero aprender o quanto de conhecimento que eu puder adquirir. Vou me esforçar para isso. Eu vejo o mestrado como uma ótima oportunidade para continuar crescendo”, afirmou Rodrigo.

“Quero me aperfeiçoar na área de ciência de dados e desenvolver algo a partir daí. Mas esses são meus planos iniciais. Estou ansioso para explorar as outras áreas que o DI oferece e, quem sabe, buscar algo diferente”, finalizou Ney.

O programa de pós-graduação contempla dez áreas de concentração: Bancos de Dados; Ciência de Dados; Computação Gráfica; Engenharia de Software; Hipertexto e Multimídia; Interação Humano-Computador; Linguagens de Programação; Otimização e Raciocínio Automático; Redes de Computadores e Sistemas Distribuídos e Teoria da Computação.

A lista dos aprovados pode ser conferida neste link. Parabéns aos novos alunos!

Ex-aluno do DI desenvolve plataforma digital para surfistas

Lauro Souza. Foto: Reprodução

Do banco universitário ao mundo empreendedor: Lauro Souza uniu a ciência da computação ao surfe

Os conhecimentos em informática vão muito além do ambiente acadêmico. Para o ex-aluno do Departamento de Informática (DI), Lauro Souza, a ciência da computação se uniu a uma grande paixão pessoal: o surfe.

Com uma trajetória de mais de dez anos no mercado financeiro, Lauro, graduado em economia, decidiu tomar um novo rumo: se dedicar a um projeto empreendedor. A SurfConnect nasceu a partir de uma necessidade. O carioca percebia a ausência de um sistema prático para monitorar as ondas do mar, algo já difundido no exterior.

De início, houve dificuldade em executar a visão do que era planejado para a SurfConnect. A falta de experiência em computação, somada às dificuldades em traduzir para um desenvolvedor o que era esperado, fizeram Lauro olhar para a universidade como uma maneira de adquirir o conhecimento necessário para tocar seu negócio em tecnologia.

Depois de concluir algumas matérias de graduação como aluno extraordinário, o jovem empreendedor foi aceito no mestrado do DI, onde produziu a pesquisa “Identificação e Mapeamento das Propriedades das Ondas através de Sensor Remoto de Vídeo”. A dissertação, sob orientação do professor Waldemar Celes Filho, é focada em um sistema de extração de estatísticas sobre ondas marítimas através de visão computacional.

O ex-aluno também destacou a importância da atuação da professora Noemi de la Rocque no processo de entrada na universidade. Como coordenadora da graduação, Noemi o incentivou a se inscrever em matérias e, depois, no processo de seleção para o mestrado.

Lauro diz que as perspectivas para o futuro da SurfConnect estão ligadas aos avanços que esse sistema pode trazer à plataforma. “No futuro, esperamos que esse algoritmo calcule a altura das ondas, e também a direção de onde elas quebram, e disponibilize esses dados para os assinantes da SurfConnect”, disse o ex-aluno.

Lauro também destaca a importância que o mestrado teve para viabilizar o projeto: “No início, começamos com um sistema básico de câmeras, com cadastro e login. Depois que concluí o mestrado, refizemos todo o aplicativo da SurfConnect. Agora, contamos com inteligência artificial”, concluiu.

A plataforma já vem fazendo sucesso, e foi tema de uma reportagem da Record TV , que mostrou as câmeras instaladas nas praias cariocas. O sistema criado por Lauro vai ajudar no monitoramento das ressacas.

A história do Lauro pode ser inspiração para futuros alunos. As inscrições para os programas de mestrado e doutorado do Departamento de Informática terminam em 2 de julho. Clique aqui para se inscrever.

DI abre inscrições para mestrado e doutorado em Informática 

Foto: Freepik

Primeira pós-graduação stricto sensu brasileira da área tem conceito máximo da Capes; inscrições podem ser feitas até 18 de junho

Você tem interesse em seguir carreira na área de computação e deseja ingressar em um dos cursos de pós-graduação stricto sensu mais prestigiados do país? Então aproveite a oportunidade, pois as inscrições para o mestrado e doutorado em Informática pela PUC-Rio estão abertas. As aplicações podem ser feitas até o dia 18 de junho de 2021 pela página de processo seletivo para pós-graduação no site da Coordenação Central de Planejamento e Avaliação (CCPA) da PUC-Rio. 

O resultado será divulgado até o dia 16 de julho de 2021, e a data de início das aulas do segundo semestre será divulgada em breve no calendário da PUC-Rio. Pelo menos neste ano, as aulas ocorrerão de forma online. O programa oferece bolsa de fomento ou bolsa de isenção total aos candidatos mais bem avaliados no processo seletivo. 

Segundo o coordenador da pós-graduação, Marcos Kalinowski, o mestrado e o doutorado em Informática do Departamento de Informática (DI) da PUC-Rio abrem portas tanto para a carreira acadêmica quanto para o mercado de trabalho. “Os egressos da pós-graduação do DI normalmente se tornam pesquisadores de referência, empreendedores, ou então são absorvidos por empresas internacionais de referência que valorizam uma formação de ponta, como Amazon, Facebook, Google, IBM Research, Microsoft Research, entre outras”, disse. 

O programa de pós-graduação do DI da PUC-Rio tem sua excelência reconhecida por pesquisadores e instituições nacionais e internacionais, bem como por órgãos dos ministérios de Ciência e Tecnologia e da Educação que avaliam os pesquisadores e os programas de pós-graduação do Brasil.  

Fundado em 1967, este foi o primeiro programa de pós-graduação stricto sensu na área de Computação no Brasil. Também foi o primeiro da área a obter a nota máxima (7) na avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e sempre manteve o conceito desde a implantação do sistema atual de avaliação. “Ao longo dos anos, o DI tem inovado e mantido seu perfil de excelência em pesquisa e na formação de recursos humanos”, disse Kalinowski, que também atua na pós-graduação como orientador na área de Engenharia de Software.

O quadro de docentes é composto por 21 professores, cuja grande maioria é bolsista de produtividade do CNPq. O programa também conta com a colaboração dos professores eméritos do DI Antônio Furtado e Clarisse de Souza.

Diversas áreas contemplam a pós-graduação em Informática, entre elas: bancos de dados; ciência de dados; computação gráfica; engenharia de software; hipertexto e multimídia; interação humano-computador; linguagens de programação; otimização e raciocínio automático; redes de computadores e sistemas distribuídos; e teoria da computação. Cada área abrange diferentes linhas de pesquisa, como jogos e entretenimento digital; visualização 3D, computação móvel, bioinformática e inteligência artificial, entre outras. 

Como se inscrever?

Os interessados no mestrado e no doutorado em informática do DI devem entregar a documentação de inscrição requerida, que consiste em: 

  • diploma de Nível Superior; 
  • currículo atualizado;
  • duas ou mais cartas de referências, que devem ser preenchidas pelos professores indicados na inscrição através do site;
  • e formulários de inscrição preenchidos online através do site.

Além disso, o processo seletivo pede uma documentação adicional obrigatória aos candidatos ao doutorado, que consiste no plano de pesquisa pré-aprovado pelo orientador pretendido. O orientador deve integrar o quadro de docentes permanentes do Programa de Pós-Graduação do DI. 

Outro documento adicional e fortemente recomendado é o exame do POSCOMP, organizado anualmente pela Sociedade Brasileira de Computação (SBC). A realização do POSCOMP não é obrigatória, mas é indicada para candidatos que sejam: graduados em outra área, que não a de Ciência da Computação ou Informática; graduados em instituição de ensino superior estrangeira; ou que queiram confirmar ou reforçar seu perfil acadêmico. No caso da pós-graduação stricto sensu do DI, o candidato que realizou qualquer edição anterior do POSCOMP pode anexar o seu resultado.

Todos os aprovados devem confirmar a sua vinda para o programa de Pós-Graduação do DI entre os dias 19 a 23 de julho de 2021, entregar a documentação na Diretoria de Admissão e Registro (D.A.R.) da PUC-Rio e realizar sua matrícula conforme indicado no calendário da PUC-Rio

Mais informações sobre as inscrições e o processo seletivo estão disponíveis no edital do programa.

Inscrições estão abertas para seleção de mestrado e doutorado no DI

Programa de Pós-Graduação do DI/PUC-Rio tem nota máxima da CAPES e excelência reconhecida internacionalmente 

O Departamento de Informática da PUC-Rio (DI) lançou nesta segunda-feira (5) o edital de seleção para mestrado e doutorado para o primeiro semestre de 2021. As inscrições estão abertas e podem ser feitas pelo site até 16 de novembro. O Programa de Pós-Graduação do DI foi o primeiro no país a receber nota máxima (7) da CAPES, em 2003, e desde então se mantém assim. Sua excelência é reconhecida não só por órgãos dos ministérios de Ciência e Tecnologia e da Educação, como também por pesquisadores e instituições nacionais e internacionais.

A maioria dos alunos aceitos em regime de tempo integral no DI recebe bolsa de fomento ou bolsa de isenção total, e portanto não paga mensalidades. Dentre os documentos exigidos para a inscrição, é requerido um plano de pesquisa pré-aprovado pelo orientador pretendido — um dos professores do quadro de docentes permanentes do Programa de Pós-Graduação do DI. É importante entrar em contato com o orientador pretendido com antecedência para alinhar os interesses entre candidato e orientador. 

O DI forma mestres e doutores em Informática, especializados nas seguintes áreas  de concentração: 

  • Bancos de Dados (BD) 
  • Ciência de Dados – Data Science (CD) 
  • Computação Gráfica (CG) 
  • Engenharia de Software (ES) 
  • Hipertexto e Multimídia (HM) 
  • Interação Humano-Computador (IHC) 
  • Linguagens de Programação (LP) 
  • Otimização e Raciocínio Automático (OTR) 
  • Redes de Computadores e Sistemas Distribuídos (RCSD) 
  • Teoria da Computação (TC) 

Cada área de concentração tem suas linhas de pesquisa, como Jogos e  Entretenimento Digital; Visualização 3D; Computação Móvel; e Redes de Alta Velocidade. Todos os detalhes do processo seletivo, cronograma de datas, documentação e mais informações estão disponíveis no edital